fbpx

O que o empresário pode fazer nessa crise de coronavírus

O que o empresário pode fazer nessa crise de coronavírus? Para o empresário, está muito difícil entender como passar por essa crise. Mas é possível usar esse tempo para sua empresa crescer.

Confira as dicas para empresários passarem por essa crise:

Noticiários estão o tempo todo transmitindo informações, cada vez mais desesperadoras. Isso sobre uma pandemia que nem no nosso pior pesadelo poderia estar acontecendo.
Não apenas pela quantidade de pessoas que estão sendo infectadas, mas para o empresário brasileiro que vive mês após mês na incerteza de uma economia volátil, agora tem mais essa: Fechar as portas e em alguns casos ZERAR suas vendas.

A gente sabe como dói a incerteza em como vai ficar em relação os salários dos colaboradores e não saber até como irá pagar suas contas. E infelizmente, isso não está acontecendo apenas com você mas também com os seus clientes. Eles também estão com as empresas deles paradas ou com salários incertos.
Frente a essa incerteza econômica geral, existem algumas formas de você não parar totalmente as funções da sua empresa e ficar próximo ao seu cliente mesmo de longe.

# Você fechou as portas físicas temporariamente, não o digital.
Ele está mais aberto do que nunca.

Muitos tem fechados as portas, apenas colocando um comunicado e informando que a partir de uma determinada data estarão fechados junto a esse comunicado fecham também a rede social para interações.

Na verdade é uma ótima hora para você aproveitar que as pessoas estão entediadas dentro de casa, aumentando consideravelmente o tempo em frente a telas de seus smartphones, e falar da sua empresa.

Este pode ser um momento único que você pode utilizar para criar ainda mais valor para sua empresa, mostrando tudo que você possui de diferencial sem pressa e com muito mais conteúdo.

Quando o consumidor conhece sua empresa com mais detalhamento, faz a sua marca ser mais respeitada e seu negócio se torna mais reconhecido. E com as pessoas dentro de casa sendo impactadas apenas por noticiários e inúmeras regras, um conhecimento fora do assunto pode chamar ainda mais a atenção do usuário. Afinal ele tem tempo para ler e processar informações, coisa que normalmente na correria do dia a dia, isso não é muito comum. Aproveite essa deixa.

#Mantenha seus clientes próximos
(mesmo distantes)

Nem todas as empresas possuem uma lista/relação de quem são os seus clientes, mas os empresários que possuem esse tipo de lista, podem aproveitar esse período para entrar em contato com seus clientes e criarem conteúdos para fazerem parte da vida desse cliente.

Mas como fazer isso?

Vamos pensar que você vende drones. Você pode enviar alguma dica de uso do drone que a pessoa comprou de você como por exemplo como tirar a “licença de piloto”.
Com uma dica dessa, você pode lembrará ao cliente de uma ação que ele pode fazer em quanto está em casa, e também mostrará que a sua empresa se importa com o cliente. E ele lembrará que você existe.

Lembre-se: As pessoas estão com poucas atividades dentro de casa. Se você conseguir oferecer alguma atividade que faça alguma relação com o seu produto. A sua marca ficará um tempo maior na mente do cliente. A lembrança de marca será muito mais forte. Afinal quando ele procurar novamente por serviços ou produtos de sua empresa, ele vai lembrar que você fez parte da vida do cliente.

Outro exemplo: Em caso de restaurantes, você poderia informar sobre qualidade de seus alimentos com maior detalhe e carinho.
As pessoas estão carentes de cuidado, é por isso que elas estão em casa, para cuidarem uma das outras. Que ótima oportunidade então, de falar que a sua empresa cuida delas em todo tempo que está aberta, com alimentos de qualidade, informando como são preparados, como são servidos ou como a sua empresa ama o que faz.

#Já fechei então chega de falar de corona!
Vamos falar de diferenciais do seus produtos!

Você é dono(a) daquele tipo de empresa que não tem vínculos com clientes? Nem mesmo possuem listas com os últimos compradores, tem a famosa venda de balcão? Tem solução para você também.

Fale do seu produto! Mostre com carinho em postagens ou vídeos. Fale como usá-los de maneira correta, ou outras funções que normalmente as pessoas não sabem que possam existir.

Você sabia que nem todas as pessoas sabem que você trabalha com tantos tipos de produtos? É muito comum situações como essas:

“Nossa eu não sabia que onde eu compro cola, também tinha fita crepe!”

“Nossa eu não sabia que aqui perto tem uma loja que vende _tal produto_. Eu sempre compro de fora pois nunca encontrei aqui.”

É exatamente disso que estamos falando. Aproveite que as pessoas estão conectadas digitalmente. Mostre os produtos que você tem disponíveis e que podem ser úteis para as pessoas próximas a você.

Mesmo com a sua loja fechada você pode conquistar novos clientes apenas usando esse tempo para informar sobre seus produtos ou serviços. As vezes o que pode ser super comum para você, para seus clientes pode ser uma super novidade.

#Use o tempo para calcular rentabilidade de produtos.
Tempo para pensar no seu negócio a fundo.

Muitas vezes empresários não tempo para parar e pensar no negócio. E isso não é maldade, é falta de tempo mesmo e acredite isso acontece com quase todo mundo que em algum momento precisou abrir uma empresa.

Use esse tempo para analizar a rentabilidade dos seus produtos ou serviços oferecidos. Pense no que realmente te gera mais custos e o que te gera mais lucros. Mas não é para ir cortando serviços ou produtos da sua lista não! Calma ai! É preciso analisar alguns pontos:

  • Quais produtos são os principais que fazem com que as pessoas chegam até meu negócio?
  • Quais os produtos que são mais caros que eu tenho e que possuem menos procura? Ou seja que é caro para que eu compre, que vende pouco e que só ocupa espaço no meu estoque.
  •  Quais os produtos que são mais mais baratos para que eu compre, tem uma boa saída, e me oferece um bom lucro?
    (Muito cuidado nesse momento, pois pode parecer que tenha encontrado o pote de ouro. Mas é preciso analisar todos os fatores juntos, principalmente em relação a primeira pergunta.)
  • O que está parado no meu estoque que eu possa fazer um queima assim que a loja reabrir?
  • O que as pessoas mais precisam comprar de mim e faz o meu caixa girar?
  • Quais os serviços ou produtos te dão mais prazer em comercializar? O que te faz feliz?

Com essa última pergunta entramos em um fato importante.

# Identificar os melhores e mais úteis para a sociedade na hora de reabrir as portas.

Já ter em mente uma boa oferta vai ajudar e muito a girar a economia. O Brasil vai precisar de você.

As pessoas estão receosas em gastar, igual você está nesse momento. Mas é bom pensar que nesse momento, com as pessoas em casa elas sentem falta de diversos produtos ou serviços que não estão podendo ter acesso .

“Uma massagem seria bom para aliviar o stress de tanto tempo em casa.”
ou
“Seria bom tem uma ferramenta de corte para arrumar o armário da cozinha que está com as portas corroendo e não tinha percebido.”
ou
“Eliminar os quilinhos que se formaram de tanto o corpo não se exercitar.”

Tantas necessidades que podem surgir apenas no fato de que a população está dentro de casa. Assim que todos puderem sair e sua empresa reabrir, ter uma estratégia já pensada em como a sua empresa será excelente. Poder vender algo de imediato para cobrir essas necessidades, pode ser um diferencial para acelerar a economia que está tanto tempo parada.

E claro, associe essa sua vantagem a um desconto ou forma de pagamento mais acessível. Todo mundo está um pouco ferrado mesmo, e precisamos crescer juntos. Então nada de “enfiar a faca” no cliente. Se não ao invés de aproximar e poder voltar a vender para ele, vai demorar ainda mais a colocar as vendas ao ritmo normal.

Divulgue esse artigo

Março-titulo-01

Posts recentes

Sobre o autor

Equipe Ag.Detrey

Equipe Ag.Detrey

Todos os conteúdos criados são realizados pela Equipe Detrey em formato estratégico e com bases solidas em pesquisas e referências. São Marketeiros, Publicitários, Engenheiro de Produção, Relações Públicas e Advogados, todos usando tudo o que sabemos para auxiliar nossos clientes e parceiros a usufruir de conteúdos de qualidade voltada para suas empresas.

>