fbpx

Consultoria para empresas em momentos de crise. Como funciona?

Quando se inicia um cenário de crise, os primeiros sentimentos do gestor a frente da empresa é o desespero e a confusão. E isso é mais que normal. Principalmente em casos de crise que não era esperada, como no caso da crise da pandemia do novo CoronaVírus. Essa crise não era esperada e interferiu diretamente não apenas na questão de saúde pública, como também na economia de todo o mundo. Mas nesses casos a Consultoria Empresarial pode ajudar.

Sabemos que a consultoria para empresas em momentos de crise é uma possibilidade tangível que o gestor possui para manter de forma estratégica a saúde da empresa.  Mas você sabe como a consultoria empresarial para momentos de crise, funciona?

O poder da consultoria empresarial em momentos de crise

Em primeiro lugar, é pertinente entender que o consultor, é um parceiro do gestor, isto é, ele oferece o domínio de processos. Com destreza e expertise, o consultor analisa, processa e estuda todo o cenário. Em segundo lugar, oferece ao gestor todo o conteúdo e um contato mais aprofundado em diversas áreas relacionadas ao negócio atingido pela crise.

Um detalhe importante em uma consultoria empresarial para crises, é que o consultor tem o poder de analisar tudo com profundidade. Depois disso pode-se trabalhar com estratégias e possibilidades para resultados muito mais adiante. É entregue ao gestor um olhar para o mercado de forma que seja observado o que está mais à frente e ao seu redor.

Se você estiver disposto a salvar sua empresa, de forma consciente e estratégica, a consultoria de gestão de crise deverá lhe entregar respostas. Em geral respostas pontuais, eficazes e eficientes em diversos pontos afetados dentro da organização, além de análises aos custos e as necessidade transformacionais voltadas para a gestão de mudanças.

Melhoramento das condições do cliente e entendendo e dividindo as suas necessidades.

Durante momentos de crise, os principais pontos de necessidade da empresa precisarão serem analisados. Mas como são identificados essas necessidades e principalmente as prioridades?

As necessidades empresariais, segundo Alan Weiss, da empresa de consultoria Summit Consulting Group são segmentadas em 3 diferentes formas. As necessidades preexistentes, necessidades criadas e as necessidades antecipadas. Para cada uma dessas necessidades é possível analisar fatores internos e externos. Ambos, dentro do âmbito empresarial e realizar tomadas de atitudes pontuais e com sabedoria.

Nesse momento, mesmo sem uma consultoria direta para a sua empresa, você poderá fazer uma análise superficial seguindo as 3 necessidades. Elas podem lhe oferecer um norte para as próximas tomadas de ação.

Necessidades preexistentes

As chamadas necessidades preexistentes no seu negócio, são as necessidades primordiais, tradicionais e legítimas. Um dos pontos desta necessidade estabelece, as formas e a saúde de como a empresa se relaciona com os seus clientes. Outro, ponto analisa o que precisa ser mantido e quais são os desafios quando se refere a expansão de mercado. E por último estratégias, soluções de conflitos e inovações ligadas diretamente a realidade da empresa.

Nas necessidades preexistentes, é necessário uma análise profunda e meticulosa, acima de tudo, em momentos de crise, todos os pontos desta necessidade são afetados diretamente.

Necessidades Criadas

Sabe aquele ditado, “todo mundo sabe o que quer, mas poucos sabem o que precisam“? Este ditado retrata bem em quais pontos são baseados as necessidades criadas. Esse tipo de necessidade na organização, baseia-se em criações e diferenciais. É a famosa área dentro da empresa onde é necessário criar diferenciais e alternativas para os clientes. Muitas vezes a empresa desenvolve possibilidades para venderem aos seus clientes aos quais eles nem mesmo pensaram que estão precisando.

A inovação na necessidade criada é fundamental, mas em cenários de crise é preciso manter cautela, pois dependendo das interferências externas, as inovações podem não ser vista com bons olhos pelos seus clientes. Portanto, é preciso cuidado e muita análise.

Necessidades antecipadas

As necessidades antecipadas junto com as necessidades preexistentes demandam maior atenção em um momento de crise.  São através das necessidades antecipadas que pode-se analisar interferências externas que vão de encontro com toda a empresa. Alguns dos pontos são voltados para a globalização e o aumento da volatilidade que estão acometendo a gestão e os processos empresariais como um todo.

A volatilidade será a forma mais palpável de se analisar as oscilações acometidas pela crise instaurada no momento. Além de ser uma crise ligada a saúde, ela impacta diretamente nas finanças das empresas de diversos portes. A percepção real da volatilidade de uma empresa, possibilita que o gestor identifique e mensure o risco financeiro em um cenário geral. Consequentemente poderá avaliar os riscos sistemáticos, que são ligados diretamente a instabilidade politica econômica. Da mesma forma, os não sistemáticos que se referem a investimentos internos e queda de ações em alguns casos.

Outros tipos de necessidades antecipadas que devem ser meticulosamente analisadas são as mudanças de costumes sociais e os avanços tecnológicos. Pois, sim. Até mesmo em momentos de crise onde tudo parece incerto, mudanças acontecem e devem ser percebidas.

Analisando esta crise.

Estamos passando pela Pandemia do Novo CoronaVírus, e com ela, estamos vivendo uma mudança social enorme. Durante a diminuição de contatos, a conscientização que a higiene é fundamental. Tudo isso, está mais aflorada nas famílias envolto pelo sentimento de manter todos seguros. Da mesma forma faz com que surjam novas necessidades pessoais e sociais. Com toda certeza, isso deve ser observado, analisado e inserido na realidade empresarial.

Lembrando que qualquer alteração realizada dentro da organização deve ser projetada com base na situação vigente, como também para a situação almejada. E é exatamente nesse ponto que a Consultoria Empresarial em momentos de crise, entra. Em outras palavras, a consultoria, ajuda a empresa e o gestor em tomadas de ações com rapidez e confiança. Mesmo que tudo esteja meio conturbado e confuso, a chamada zona ambígua.

Juntamente às tomadas de decisões temos o surgimento de outro ponto a qual será muito útil para a organização, a Previsibilidade de necessidades futuras.

Previsibilidade de necessidades futuras

Não é raro que dentre as mudanças a qual a empresa irá passar, necessidades irão surgir. Estas as quais, podem e devem ser previstas. Provavelmente, ações como gerenciar equipes remotas e a implantação de possíveis terceirizações de serviços. São fatores que podem ser plausíveis para restaurar ou até mesmo conquistar melhores desempenhos dentro da organização. Possíveis ajustes em níveis de segurança também devem ser analisados e esperados.

O que precisa estar claro para o gestor, é que o Consultor não deve apenas entender de formas e auxilia-lo em decisões. E nem mesmo implementa-las como se fosse um funcionário da empresa. O Consultor deve envolver-se com a situação empresarial. Ele deve montar uma estratégia, mostrando a você as principais diferenças em cada tipo de ação e situação. Consequentemente, auxiliar o gestor a não se perder nas possíveis soluções de problemas e principalmente, SABER aplicar.

A Consultoria empresarial oferece a empresa a estratégias que atenda a necessidades de alto nível  e que sejam úteis para promover mudanças profundas. A Agência Detrey Propaganda, neste momento de incertezas tem oferecido através de criação de artigos, a abordagem diversos assuntos que podem ser muito úteis práticos para empresas de todos os tamanhos. Você pode acessar conteúdos como:

 

 

Referência:
Conteúdo criado com base em estudos de Alan Weiss, Phd – A Bíblia da Consultoria. – Gestão de Crises.

 

Divulgue esse artigo

Março-06---titulo

Posts recentes

Sobre o autor

Equipe Ag.Detrey

Equipe Ag.Detrey

Todos os conteúdos criados são realizados pela Equipe Detrey em formato estratégico e com bases solidas em pesquisas e referências. São Marketeiros, Publicitários, Engenheiro de Produção, Relações Públicas e Advogados, todos usando tudo o que sabemos para auxiliar nossos clientes e parceiros a usufruir de conteúdos de qualidade voltada para suas empresas.

>